Modelo de currículo sem experiência profissional [como fazer]

Quer fazer um currículo sem experiência? Veja um passo a passo ensinando todas as dicas para fazê-lo, além de um modelo de currículo sem experiência pronto.

Pedro Martins
Pedro Martins
Especialista em carreira
Modelo de currículo sem experiência profissional [como fazer]

Se você quer fazer um currículo sem experiência, já deve ter se perguntado:

 

“Como posso conseguir um primeiro emprego, se as empresas priorizam empregar quem já trabalhou?”

 

O segredo é focar em outras seções do seu curriculum vitae, e escrever o documento de uma maneira que demonstre que você seria um bom profissional.

 

Neste artigo você verá:

 

  • Um modelo de currículo sem experiência laboral;
  • Muitas dicas de como fazer um currículo sem experiência.

 

Economize horas de trabalho e faça um currículo como esse. Escolha um modelo para preencher dentre os mais de 18 modelos de currículos para baixar.

 

modelo de currículo

 

CRIE SEU CURRÍCULO

 

O que usuários disseram sobre a ResumeLab:

“Eu tive uma entrevista ontem e a primeira coisa que me falaram foi: “nossa, adoramos seu currículo!”
Patrick

“Adorei a variedade dos modelos. Parabéns, continuem com o bom trabalho!”
Dylan 

“Meu currículo anterior era muito fraco, e eu passei horas formatando ele no Word. Agora eu consigo mudar qualquer coisa em minutos. Maravilhoso!”
George

CRIE SEU CURRÍCULO

 

Modelo de currículo sem experiência pronto

 

Alexandre C. Yakamoto

ale.c.yakamoto@email.com.br

(XX) 99999–9999

 

Estudante de Tecnologia da Informação da Unicamp, apaixonado por programação. Proativo e com conhecimentos avançados de C#, C++ e Python. Atualmente, tenho média 9,4 na universidade. Já programei diversos jogos simples (cujo link estou enviando por e-mail) como hobby. Busco combinar o que venho aprendendo na Unicamp com o que aprendi programando por conta própria para criar códigos inovadores para os clientes da Excelência Turismos.

 

Formação acadêmica

 

Bacharelado em Tecnologia da Informação

Universidade de Campinas

Campinas, SP

Início: 2019

Conclusão prevista: 2023

  • Média atual: 9,4
  • Representante de classe;
  • Parte do grêmio estudantil;
  • Aula favorita: Modelagem de dados;
  • Presidente do clube de estudos de design de jogos;
  • Fui eleito orador da turma dois anos seguidos;
  • Aulas opcionais: Inglês, Planejamento Financeiro.

 

Curso Extracurricular de Inteligência Artificial

Faculdade Marechal Deodoro da Fonseca

Online

2021

  • Aprendi técnicas avançadas de aplicação de inteligência artificial no mundo real;
  • Me formei com nota máxima;
  • Meu trabalho final foi publicado como artigo.

 

Habilidades

 

  • C# e C++ avançados;
  • Python avançado;
  • Trabalho em equipe;
  • Design de sistemas;
  • Gamificação;
  • Inglês avançado;
  • Espanhol avançado;
  • Proatividade;
  • Criatividade;
  • Perseverança;
  • Paixão por arte.

 

Informações adicionais

 

  • Vencedor do Concurso de programação da UNICAMP, 2020;
  • Programei diversos jogos básicos como hobby.
  • Disponível para começar imediatamente.

 

Vamos ver como criar um currículo sem experiência parecido com esse modelo, só que com os seus dados, e focado na vaga que você deseja.

 

1. Currículo sem experiência: como formatar

 

Antes de começar a escrever seu currículo sem experiência, vamos formatá-lo de maneira que ele tenha um visual bem profissional. Afinal, este é seu objetivo: mostrar para os recrutadores que você pode ser profissional mesmo sem experiência laboral.

 

  • Use uma fonte séria, como Times New Roman ou Arial;
  • Escolha como tamanho da fonte 11 ou 12;
  • Certifique-se de que as margens estejam iguais dos dois lados;
  • Salve o currículo em PDF para evitar que ele desformate;
  • Coloque foto no currículo apenas para vagas baseadas na aparência. 
  • Crie um cabeçalho no topo da página com seu nome, e-mail e telefone.

 

Após acertar esses detalhes de formatação, divida seu currículo sem experiência nas seções tradicionais de um currículo (exceto, claro pela seção de experiência):

 

  • Objetivo do currículo;
  • Formação acadêmica;
  • Habilidades;
  • Informações adicionais.

Dica valiosa: a experiência é a seção que mais vale para os recrutadores. Se tiver feito algum bico, voluntariado ou qualquer outro trabalho, ele conta. Coloque no currículo seguindo nossas dicas: Como colocar experiência no currículo.

Pronto. Seu currículo sem experiência já está começando a ter uma aparência profissional. Veremos agora como colocar seus dados.

 

2. A formação acadêmica no currículo sem experiência

 

Vamos pular a seção “objetivo do currículo” por enquanto e começar pela seção que é a mais importante para você: a formação acadêmica e a educação.

 

Essa seção é a sua maior arma para se destacar dos outros candidatos. Coloque cursos que fez e detalhe-a bastante. Se não estiver cursando faculdade, coloque seu colegial.

 

Comece listando sua educação pelo item mais impressionante. Para cada curso, inclua:

 

  • Tipo e nome do curso;
  • Instituição de ensino;
  • Data de conclusão;
  • Conclusão prevista (se não tiver concluído);
  • Data de início (opcional);
  • Cerca de 5 detalhes ou conquistas acadêmicas.

 

Estes detalhes podem ser coisas como matérias opcionais ou até horas-aula, mas o ideal é que você consiga pensar em conquistas acadêmicas.

 

Como assim conquistas acadêmicas?

 

Refiro-me a acontecimentos que “provem” que você é um bom candidato para a vaga. De preferência algo que comece com um verbo e tenha um valor quantificável. Por exemplo:

 

  • Conquistei nota 10 de 10 no trabalho final;
  • Fui eleito representante de classe 2 anos consecutivos;
  • Escrevi 5 matérias para o jornal da faculdade. 

 

Os exemplos acima mostram competências como liderança e determinação, que são valorizados em todos os tipos de trabalhos. Pontos extras se você pensar em conquistas relevantes especificamente para a vaga desejada, como o último exemplo para uma vaga de jornalista.

 

Quer ler mais detalhes? Veja nosso artigo: Como colocar a educação no currículo.

 

3. Habilidades e competências no currículo sem experiência

 

Mesmo sem experiência laboral, você tem muito o que oferecer como um profissional. São essas competências que devem entrar na seção de habilidades do seu currículo.

 

Inclua cerca de dez habilidades relevantes para a vaga em questão.

 

Como decidir pelas habilidades? Siga os passos abaixo:

 

  • Leia a descrição da vaga, principalmente os requerimentos e responsabilidades do cargo;
  • Faça uma lista com as habilidades necessárias para aquele cargo, de acordo com a descrição da vaga;
  • Caso não encontre habilidades suficientes, inclua também competências que você achou em vagas na internet com o mesmo nome da sua, na mesma área;
  • Coloque no currículo aquelas habilidades da lista que você domina.

 

Lembrando que não é preciso colocar apenas habilidades técnicas (hard skills). Você pode incluir competências mais abstratas como “criatividade” e “dedicação” (soft skills). Na verdade, em um currículo sem experiência é normal que você foque nas soft skills.

 

Segundo um estudo recente do LinkedIn, soft skills são a “moda” que mais está mudando o local de trabalho.

Dica valiosa: ao lado de cada item da lista de habilidades, você pode incluir um detalhe que “prove” que domina aquela competência. Por exemplo: “Excel avançado — certificado pela MOS” ou “Trabalho em equipe — adquirido em anos de estudos”.

Existem outros dados que podem entrar no seu currículo sem experiência. Coisas que não encaixam em nenhuma seção específica. Vamos falar deles na próxima seção.

 

O gerador de currículos da ResumeLab é mais do que parece. Pegue conteúdo específico para aumentar suas chances de conseguir o emprego. Inclua descrição das experiências, listas e habilidades. Fácil. Leve seu currículo ao próximo nível com nosso gerador de currículos agora.

 

gerador de currículos

 

CRIE SEU CURRÍCULO

 

4. Informações adicionais no currículo sem experiência

 

Agora que você preencheu todas as seções tradicionais do currículo, pare e pense:

 

Será que tem mais alguma coisa na sua vida que é relevante para aquela vaga e você gostaria que os recrutadores soubessem?

 

Alguns itens que costumam aparecer como “informações adicionais” em currículos sem experiência são:

 

  • Intercâmbios — Passou alguns meses no exterior? É uma ótima maneira de mostrar pro recrutador que você se vira sozinho;
  • Disponibilidades — Pode trabalhar aos sábados? E quanto a começar imediatamente? Deixe eles saberem, mas apenas se tiverem mencionado na vaga que essas coisas são importantes;
  • Palestras, eventos e congressos — Sabe aquele evento da faculdade que você participou? Ele pode entrar no currículo. Melhor ainda se você tiver participado ativamente (como palestrante ou organizador, por exemplo);
  • Passatempos e interesses — Em alguns casos, podem ser relevantes para a vaga. No exemplo lá de cima, o candidato mencionou que programara jogos simples como hobby.

 

Como colocar esses dados complementares no currículo? A forma mais simples é criando uma seção no final do currículo chamada “informações complementares” e incluí-las em forma de lista.

Dica valiosa: se você tiver muitas informações adicionais de um mesmo tipo, pode criar uma seção adicional. Por exemplo: “Palestras”. O mesmo pode ser feito se você tiver muitas habilidades do mesmo tipo, como “Softwares” ou “Idiomas”.

Chegou a hora de escrever aquele textinho do começo do currículo.

 

5. Objetivo do currículo sem experiência

 

Lembra que pulamos a seção “objetivo do currículo”? Chegou a hora de colocá-lo no seu CV sem experiência. Será muito mais fácil escrevê-lo agora, já que você tem suas informações frescas na cabeça e sabe quais os seus pontos fortes que merecem ser destacados.

 

O que é o objetivo do currículo?

 

É um texto de um parágrafo com cerca de três ou quatro frases que serve para causar uma boa primeira impressão nos recrutadores. Se eles estiverem apenas passando os olhos por cada currículo recebido, esse texto deveria convencê-los a ler seu CV até o final.

 

Foque em informações que você colocou no seu currículo que demonstrem que você exerceria bem aquela vaga para a qual está se candidatando. Escolha as partes do CV que são mais relevantes para a vaga.

 

Geralmente, para um currículo sem experiência, é uma boa ideia colocar:

 

  • A faculdade (se estiver prestando) e o curso;
  • Uma qualidade (soft skill) da sua seção de habilidades;
  • Uma competência técnica (hard skill) da seção de habilidades;
  • Como você poderia ajudar a empresa.

 

Leia muitas dicas de como criar essa introdução do CV no artigo: Como fazer o objetivo do currículo.

 

Parabéns, você terminou seu currículo sem experiência! Será que não é possível aumentar suas chances ainda mais? Continue lendo para ver se deve fazer uma carta de apresentação.

Dica valiosa: leia e releia seu CV. O seu desafio é fazer um currículo sem experiência, mas acredite se quiser, falta de experiência é o segundo maior eliminador de currículos, enquanto erros de português é o primeiro fator que mais elimina candidatos.

6. A carta de apresentação do currículo

 

A carta de apresentação é um texto enviado em um documento separado do curriculum vitae em que o candidato se apresenta para o recrutador.

 

Alguns recrutadores gostam muito de cartas de apresentação, pois elas costumam dizer um pouco mais sobre o candidato, por ser um texto corrido. Outros não ligam.

 

Se a descrição da vaga para qual você está se candidatando não especificar se você deve ou não enviar uma carta de apresentação, então enviá-la não pode machucá-lo, mas pode aumentar suas chances.

 

Sorte a sua que temos um artigo detalhando como escrever uma carta de apresentação perfeita: Como fazer uma carta de apresentação profissional.

 

Aumente suas chances com uma carta de apresentação combinando com o currículo. Escolha um modelo de carta de apresentação e faça seus documentos se destacarem.

 

modelo de carta de apresentacao

 

CRIE SUA CARTA DE APRESENTAÇÃO

 

Quer inspiração para fazer sua carta de apresentação? Veja exemplos de cartas de apresentação prontas.

 

Recapitulando rapidamente — currículo sem experiência

 

Para fazer um currículo sem experiência:

 

  • Formate seu currículo sem experiência de maneira profissional;
  • Elabore um cabeçalho simples com nome e informações de contato;
  • Detalhe bem sua seção de formação acadêmica do currículo;
  • Liste cerca de 10 habilidades relevantes para a vaga em questão;
  • Coloque informações adicionais para se destacar dos outros;
  • Escreva seu objetivo do currículo sem experiência após finalizar o CV;
  • Faça uma carta de apresentação para enviar com o curriculum vitae.

 

Espero que esse guia tenha sido útil e que você tenha em mãos um ótimo currículo para conseguir sua primeira experiência! Eu gostaria de saber:

 

  • Qual a parte mais difícil ao escrever um CV sem experiência?
  • Quais foram os maiores desafios para você? 

 

Deixe-me saber na seção abaixo!

Avalie meu artigo: curriculo sem experiencia
Obrigado por votar!
Média: 5 (1 votos)
Pedro Martins
Pedro Martins
Pedro é especialista em carreira e criação de currículos.

Foi interessante? Veja artigos similares

Currículo ou curriculum: qual usar e como se escreve?

Às vezes bate aquela dúvida: como se escreve currículo ou curriculum vitae? Qual é o certo e qual usar? Neste artigo, você verá a resposta para essas perguntas e um modelo de CV.

Joana Silveira
Joana Silveira
Especialista em carreira