Modelo de currículo técnico de enfermagem em doc ou PDF

Como fazer um currículo de técnico em enfermagem? Siga nosso passo a passo detalhado para criar seu curriculum vitae seguindo diversas dicas de profissionais.

Pedro Martins
Pedro Martins
Especialista em carreira
Modelo de currículo técnico de enfermagem em doc ou PDF

Você escolheu uma profissão muito nobre, e agora chegou a hora de conseguir um emprego como técnico de enfermagem. 

 

Ou talvez você já trabalhe neste ramo e esteja apenas querendo mudar de empresa.

 

De qualquer maneira, nesse guia você verá:

 

  • Como fazer um currículo de técnico de enfermagem;
  • Um modelo de currículo de técnico de enfermagem.

 

Economize horas de trabalho e faça um currículo como esse. Escolha um modelo para preencher dentre os mais de 18 modelos de currículos para baixar.

 

CRIE SEU CURRÍCULO

 

modelo de currículo

 

O que usuários disseram sobre a ResumeLab:

“Eu tive uma entrevista ontem e a primeira coisa que me falaram foi: “nossa, adoramos seu currículo!”
Patrick

“Adorei a variedade dos modelos. Parabéns, continuem com o bom trabalho!”
Dylan 

“Meu currículo anterior era muito fraco, e eu passei horas formatando ele no Word. Agora eu consigo mudar qualquer coisa em minutos. Maravilhoso!”
George

CRIE SEU CURRÍCULO

 

Modelo de currículo de técnico de enfermagem

 

Amanda Carvalho

Técnica de enfermeira

(99) 99999–9999

amanda.carvalho@email.com.br

linkedin.com/in/amandacarvalhoenfermeira

 

Objetivo do currículo

 

Técnica de enfermagem proativa com mais de 5 anos de experiência na área, diminuí em 5% as avaliações negativas do serviço de enfermagem do Hospital Albert Einstein, no qual trabalho atualmente e treinei 5 outras técnicas de enfermagem. Adoraria trazer minha dedicação e conhecimento na sua clínica.

 

Experiência laboral

 

Técnica de enfermagem

Hospital Israelita Albert Einstein

2019 — atualmente

  • Fui avaliada com nota 10 pelos meus supervisores;
  • Diminuí as avaliações negativas do serviço de enfermagem em 5%;
  • Treinei 5 outras técnicas de enfermagem;
  • Colaborei com a equipe de atendimento para diminuir em 7% o tempo de espera de pacientes.

 

Técnica de enfermagem

Clínica Biolabor

2018 – 2019

  • Fui auxiliar de enfermagem substituta;
  • Ofereci apoio aos enfermeiros;
  • Ajudei a controlar o risco de infecção hospitalar.

 

Estágio em Enfermagem

Clínica Biolabor

2015 – 2017

 

Formação acadêmica

 

Enfermagem

Faculdade Federal de Curitiba

Conclusão: 2017

 

Habilidades

 

  • Assistência a pacientes em emergências;
  • Coleta de amostras;
  • Experiência com rotina de UTI;
  • Transporte de pacientes;
  • Preparação de mesa cirúrgica;
  • Proatividade;
  • Espanhol fluente;
  • Liderança.

 

Informações adicionais

 

Voluntária na Casa de Repouso de Curitiba, 2017;

Disponibilidade de trabalhar a noite e aos sábados.

 

 

Vamos ver como fazer um currículo de técnica de enfermeira tão bom quanto o que você viu acima, mas com os seus dados:

 

1. Formatando seu currículo de técnico de enfermagem

 

Uma vaga de técnico de enfermagem pode ser muito concorrida. Isso dificulta para os recrutadores do hospital, que podem acabar tendo que escolher ler apenas parte dos currículos recebidos.

 

Para impedir que o seu vire lixo hospitalar, veja algumas das dicas abaixo::

 

  • Uma boa fonte para currículo é a Times New Roman;
  • Use um tamanho de fonte sensato, como 11 ou 12;
  • Mantenha toda a informação em uma página se estiver no começo da carreira, e sinta-se à vontade para usar duas páginas se tiver bastante experiência.
  • Salve seu currículo em PDF quando terminar, mas guarde uma versão em Word para editar no futuro.

 

Quanto ao formato do currículo, sua melhor aposta é usar as seções tradicionais de um currículo, que os recrutadores já estão acostumados:

 

  • Crie um cabeçalho com:
    • Seu nome;
    • Profissão;
    • Telefone;
    • E-mail;
    • LinkedIn (se tiver).
  • Divida o arquivo em seções usando os títulos abaixo:
    • Objetivo do currículo;
    • Experiência laboral;
    • Formação acadêmica;
    • Habilidades;
    • Informações adicionais.

 

Além disso, sua informação de experiência e educação será colocada começando pelo mais recente. Essa é a formatação de um currículo cronológico inverso, o tipo de currículo recomendado para enfermeiros segundo um estudo de 2017.

 

Se quiser ler mais sobre a estrutura e formato do seu CV, leia: Formatação de currículo.

 

2. O objetivo profissional no currículo de técnico de enfermagem

 

O objetivo do currículo, que é a primeira seção de um CV, é um pequeno texto destacando seus pontos fortes como enfermeiro.

 

Faça o texto com apenas três ou quatro frases, destacando os pontos fortes do seu CV.

 

Esta é a primeira seção do seu currículo, mas é uma boa ideia deixar para fazê-la no final, após escrever o resto do currículo, pois assim você terá mais claro quais os seus pontos fortes a serem destacados.

 

Escolha a melhor parte de cada uma das seções e inclua no texto, como você pode ver n exemplo lá de cima.

 

Temos um passo a passo detalhado em: Como fazer um objetivo do currículo.

 

3. Experiência laboral no currículo de técnico de enfermagem

 

A experiência laboral é a seção mais importante do currículo para muitos recrutadores.

 

Esta é a seção que deve ser destacada no seu currículo, contando que você tenha pelo menos um ano de experiência em enfermagem.

 

Se você está começando agora, leia nosso guia: Como fazer um currículo sem experiência.

 

Para cada experiência, liste:

 

  • Título do cargo;
  • Nome da instituição;
  • Data de início e término;
  • Cerca de cinco responsabilidades e conquistas.

 

Mas qual a diferença entre responsabilidades e conquistas?

 

Responsabilidades não “provam” que você foi um bom profissional, já conquistas “provam”. Por exemplo:

 

  • Responsabilidade: Prestar assistência à pacientes.
  • Conquista: Prestei diariamente assistência à pacientes em estado de trauma e preparação de procedimentos cirúrgicos.

 

Para ler mais sobre essa seção tão importante, veja: Como colocar a experiência profissional no currículo.

 

4. Formação acadêmica no currículo de técnico de enfermagem

 

Não é necessário detalhar demais a seção de educação, a não ser que você esteja buscando seu primeiro emprego.

 

Inclua seus estudos mais relevantes, e em cada um liste apenas:

 

  • Nome do curso;
  • Nome da instituição;
  • Data de conclusão.

 

Se ainda estiver cursando, coloque uma conclusão prevista, por exemplo:

 

  • Conclusão prevista: 2023.

 

Caso você tenha pouca experiência, detalhe mais esta seção. Você pode incluir conquistas como as da seção de experiência, porém focadas na vida acadêmica. Leia mais em: Como colocar formação acadêmica no currículo.

 

5. Habilidades de técnico de enfermagem

 

Na seção de habilidades do currículo, liste até dez competências que você acredita serem relevantes para a vaga.

 

Ao invés de listar aquilo que você simplesmente acha ser relevante, faça uma pesquisa para certificar-se:

 

  1. Leia as responsabilidades e requerimentos da vaga de técnico de enfermagem em questão.
  2. Se houver pouca informação, leia vagas similares na internet.
  3. Encontre habilidades técnicas, como aplicação de soro, e características pessoais, como bom trabalho em equipe.
  4. Liste as competências de lista que você acredita dominar.

 

Pronto. Mais fácil que aplicar injeção.

 

Temos também um artigo com muitos exemplos e dicas: Habilidades para colocar no currículo.

 

O gerador de currículos da ResumeLab é mais do que parece. Pegue conteúdo específico para aumentar suas chances de conseguir o emprego. Inclua descrição das experiências, listas e habilidades. Fácil. Leve seu currículo ao próximo nível com nosso gerador de currículos agora.

 

gerador de currículos

 

CRIE SEU CURRÍCULO

 

6. Informações adicionais no currículo de técnico de enfermagem

 

As seções clássicas do currículo estão feitas, mas e as informações que não entraram em nenhuma delas?

 

Você pode incluir suas informações adicionais de três maneiras:

 

  • Em uma seção no final do currículo, chamada “informações adicionais”;
  • Em duas ou mais seções, com nomes específicos, como “certificados” e “disponibilidades”.
  • Uma combinação das duas maneiras. Por exemplo, uma seção chamada “certificados” e outra chamada “informações adicionais”.

 

Crie uma seção específica se você perceber que tem muitos itens de um mesmo tipo. Caso contrário, coloque tudo na mesma seção, chamada “informações adicionais”.

 

Que tipo de dados costumam aparecer nestas seções em currículos de técnico de enfermagem? Veja alguns exemplos:

 

  • Participações em eventos, como conferências e palestras;
  • Certificados;
  • Cursos extracurriculares e workshops;
  • Trabalhos voluntários (ótimo para enfermeiros por demonstrar empatia);
  • Disponibilidades;
  • Participação em conselhos ou associações de enfermagem;

 

Veja mais exemplos em: Informações adicionais para currículo.

 

Aumente suas chances com uma carta de apresentação combinando com o currículo. Escolha um modelo de carta de apresentação e faça seus documentos se destacarem.

 

modelo de carta de apresentacao

 

CRIE SUA CARTA DE APRESENTAÇÃO

 

Quer inspiração para fazer sua carta de apresentação? Veja exemplos de cartas de apresentação prontas.

 

7. Carta de apresentação do currículo de técnico de enfermagem

 

Alguns hospitais e clínicas podem pedir que os candidatos enviem cartas de apresentação. Estes documentos são enviados com o currículo e servem de introdução ao seu currículo de técnico de enfermagem.

 

Você pode enviar uma carta de apresentação se ela não tiver sido pedida. Afinal, ela pode aumentar suas chances, e o pior que pode acontecer é ela ser ignorada.

 

Para fazer uma carta de apresentação perfeita, leia nosso guia: Como fazer uma carta de apresentação.

 

Obrigado por ler! Eu gostaria de saber de você:

 

  • Ficou alguma dúvida?
  • Tem alguma sugestão?
  • Deixe um comentário abaixo.
Avalie meu artigo: curriculo tecnico de enfermagem
Obrigado por votar!
Média: 5 (6 votos)
Pedro Martins
Pedro Martins
Pedro é especialista em carreira e criação de currículos.

Foi interessante? Veja artigos similares